O seu relacionamento é uma ditadura?


Hoje estava lendo “O homem mais inteligente da história”, de Augusto Cury (aliás, super recomendo!) e fiquei refletindo sobre uma passagem: na página 54, diz “A ditadura das respostas é cruel”. Quando li isso, me dei conta de que muitas relações acabam resultando em pequenas ditaduras familiares. Não sei você, mas eu já vivi isso sem perceber. Depois de 14 anos de relacionamento, eu posso considerar que hoje vivo em uma relação em que cada um consegue expressar abertamente seus sentimentos, o que leva à importante habilidade de negociação: em um relacionamento, ambos precisam ceder em algumas coisas para que haja o necessário equilíbrio.


Não é fácil manter o relacionamento amoroso em equilíbrio quando o casal não consegue conversar e se expressar de forma efetiva. Não sei se esse é o seu caso, ou de alguém que você conhece, mas se for, talvez as dicas abaixo podem ajudar:

1. Excluir a comunicação alienante das suas conversas conjugais (julgamentos, comparações, diagnósticos);

2. Incluir a AUTORRESPONSABILIDADE na relação;

3. Parar de se vitimizar, encontrando novas formas de desenvolver sua inteligência relacional.


E você, como tem sido a sua relação? Se este post faz sentido para você, compartilha! quem saber alguém esteja precisando ler isso.

0 visualização
CONTATOS

Tel/WhatsApp (54) 999593326

Facebook: /anarita.sabadin

Instagram: @anaritasabadinn

E-mail: anarita.sabadin@yahoo.com.br

Endereço profissional: Rua Conrado Hoffmann, 21 - 402 - Bairro Nossa Senhora de Lourdes - Santa Maria/RS

"Empoderando pessoas a saberem o que já sabem"